adelgazar

Direito de não ter Religião.

| sexta-feira, 24 de setembro de 2010 | |


Caramba ... Eu não vou à igreja e pronto, isso não faz de mim o pior dos seres humanos.

Sempre que alguém pergunta a você qual é sua religião, sempre esperam duas respostas: Católico ou protestante.
Parece que não existe mais nada além daquilo, e se você diz que é de qualquer outra religião não muito conhecida, já pensam que você adora o demônio.

Pior ainda se você diz que não tem religião, pensam que você é o próprio demônio rsrsrs.

Ter ou não religião, não é a linha que divide o bem do mal.
Não ter religião, ou seguir o pouquinho de cada uma, ou ser fiel a uma só, não define as atitudes do ser humano, é ele mesmo que decide, a religião não muda ninguém, nós que mudamos a nós mesmos.

Se você tem uma seja feliz ...
Mas se não tem, seja feliz também.

7 comentários:

Pied Piper Says:
24 de setembro de 2010 12:31

Oi oi ... Siiim,muito obrigado por seguir meu blog. É tão difícil encontrar um blog que a gente realmente goste,por que hoje qualquer idiota consegue criar um blog e colocar nele qualquer porcaria. Eu sou uma grande fã do Arch Enemy,inclusive meu outro blog (no Tumblr) é inspirado neles. Eu falo sobre Death Metal e suas vertentes lá,posto umas bandas que eu descubro ou o que eu costumo ouvir. Se te interessar,dá uma passada. (http://die-die.tumblr.com) Na verdade eu posto lá bem mais do que aqui,por que lá é mais fácil de acessar. Mas enfim,espero que vc goste do meu blog,das minhas postagens,e espero que possamos nos comunicar por aqui sempre. Bjo...

Nata Rangel Says:
24 de setembro de 2010 12:52

Ótimo, eu fiquei confusa em saber em qual site eu iria postar minhas coisinhas rs .. um amigo meu tbm tem o Tumblr, o Wallace, vc até segue ele eu acho rs .. mas sim, vamos compartilhar mta coisa, vlw por perder seu tempo aqui rs ..

bjo moça.

Hadisha F♦ Says:
24 de setembro de 2010 12:59

Cara, gostei muito dessa postagem! Concordo plenamente. Pra merda quem acha que religião é uma das necessidades da vida ¬¬'
Não tenho e pronto, e daí? Ainda estou vivendo!

(iselo)

Says:
24 de setembro de 2010 16:37

Oiee... bem vinda de volta... rsrs
Vou segui-la tb, para nao perde-la mais de vista!!!

Uma vez escutei alguem dizendo que o que estraga a fé são as religioes. Eu concordo em parte. A religiao as vezes facilita para quem esta muito perdido a tr pelo menos uma base de fé.
Eu sou batizada no catolicismo, mas hj nao frequento templo, ingreja, terreiro ou qq outra coisa.
Tem um pé no espiritismo, mas é coisa minha, que sigo e aprendo um pouquinho com leituras em casa!!!
Meu coraçao é meu templo!!!!

Beijosss

Nata Rangel Says:
25 de setembro de 2010 07:00

Oi meninas, obrigada pela visita.

Hadisha > Sim colega, não ter religião não significa que não temos bom senso, ou uma boa índole, ou que adoramos o 'capeta' rs ... é apenas uma escolha, se isso nos faz bem, que assim seja.

Rê > Olá mocinha, tbm irei te seguir para não perdê-la rs ...

Entendo seu ponto de vista, no meu texto apenas tento passar que não há mal algum em não ter religião, mas não sou contra a nenhuma delas, é como eu disse: "Se você tem uma seja feliz ...
Mas se não tem, seja feliz também."

Tbm sou batizada, fiz 1º Eucaristia, mas escolhi não Crismar, parei de frequentar igreja aos meus 14 anos ...

Depois tbm dei um pulo no espiritismo .. hj já n frequento mais tbm, rs ...

Sou mto inconstante e não é qualquer coisa que me deixa totalmente satisfeita rs ... por isso optei por ser sem religião.

Bjoka!

Jaime Guimarães Says:
25 de setembro de 2010 10:05

Oi, (Re)Nata...rs. Tudo bem? Sim, eu me lembro de ti e das "Malucas de BR" sim. É um prazer a sua visita e seu comentário muito gentil no meu blog, obrigado!

Eu fiquei sem acesso regular à internet por esses dias, mas resolvi ESTE problema...agora só faltam os 416 outros problemas para resolver...rs

Por isso vou seguí-la, claro, e depois retornar para ler direitinho a sua produção literária. Claro que é necessário, oras!

Bjo e até mais! =)

Franciele Valadão Says:
27 de setembro de 2010 15:07

Eu concordo! Sou católica, mas não vou a igreja. Quando eu era pequena eu ia todos os domingos, era legal, mas era diferente, era divertido, tinha histórias e brincadeiras.

Já me senti assim várias vezes quando me perguntaram minha religião. Eu sou o que sou e ir ou não a igreja não mudaria nada em mim. Eu tenho fé, e isso basta.

Estou seguindo, beijo! *-*

Postar um comentário